terça-feira, 21 de novembro de 2017

Fundação Cultural promove exposição alusiva ao Dia da Consciência Negra


O Dia da Consciência Negra é comemorado nesta segunda-feira, dia 20, em todo o País. A data homenageia Zumbi, um escravo que foi líder do Quilombo dos Palmares e morreu em 20 de novembro de 1695. Para marcar a ocasião, o Museu de Arte de Blumenau (MAB) preparou a Exposição “Consciência Negra: Heranças Culturais”, com obras das artistas Belíria Boni, Maristela Silveira e Cema Raizer. O público poderá conhecer os trabalhos nesta semana, das 10h às 16h, no Espaço Cultural Cidade de Blumenau, que fica no andar térreo da Fundação Cultural de Blumenau (FCBlu). A entrada é franca.
O objetivo do Dia da Consciência Negra é fazer uma reflexão sobre a importância do povo e da cultura africana, assim como o impacto que tiveram no desenvolvimento da identidade cultural brasileira. “A sociologia, a política, a religião e a gastronomia, entre várias outras áreas, foram profundamente influenciadas pela cultura negra. Este é um dia de comemorar e mostrar profundo apreço pela cultura afro-brasileira”, salienta a gerente do MAB, Mia Ávila. “No período do Brasil colonial, Zumbi simbolizou a luta do negro contra a escravidão que sofriam os brasileiros de etnia negra. Zumbi morreu enquanto defendia a sua comunidade e lutava pelos direitos do seu povo”.
Os quilombos, liderados por Zumbi, formavam a resistência ao sistema escravocrata que vigorava, e eram os principais responsáveis pela preservação da cultura africana no Brasil. Zumbi lutou até a morte contra a escravidão, abolida oficialmente em 1888, por meio da Lei Áurea, 193 anos após a sua morte.

Saiba mais
Exposição “Consciência Negra: Heranças Culturais”
Expositoras: Belíria Boni, Maristela Silveira e Cema Raizer
Local: Espaço Cultural Cidade de Blumenau (Rua 15 de Novembro, 161, no Centro)
Visitação: de 20 a 24 de novembro, das 10h às 16h
Entrada franca

Assessor de Comunicação: Sérgio Antonello

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Pessoas com baixa visão e cegos participam de atividade no Museu de Arte


A 5ª Temporada de Exposições do Museu de Arte de Blumenau (MAB) foi recém-aberta pela Fundação Cultural de Blumenau (FCBlu). Na manhã da última sexta-feira, dia 10, a primeira ação pós-instalação da mostra envolveu uma parceria entre o Centro Braille da FCBlu e a artista paulista Simone de Moraes, que atuou como mediadora durante a visita de um grupo de pessoas com baixa visão e cegos ao MAB. Todos foram direcionados para a Sala Elke Hering, onde receberam informações sobre o espaço, a artista expositora, o trabalho desenvolvido, os recursos e as técnicas utilizadas.
Em seu trabalho, Simone utiliza lã de carneiro como matéria-prima e, com movimentos repetitivos dos braços, forma desenhos e composições, que constituem a exposição Floema. A artista sugeriu um percurso no espaço no qual a instalação se encontra, permitindo a locomoção sobre a obra. Em seguida, promoveu o toque no material que possui diversas espessuras. Os visitantes permaneceram imersos nessa experiência tátil da obra por um tempo. “A artista leu uma poesia que fala sobre o corpo. Após a leitura, os participantes foram estimulados a falar sobre a experiência tátil, auditiva e a relação do corpo no tempo e espaço. Cada um recebeu uma pequena bola de lã e instruções de um ponto para experimentar a prática de fazer arte”, relata a gerente do MAB, Mia Ávila. “A experiência foi enriquecedora para os envolvidos, participantes, artista, MAB e Centro Braille”.
Visitas às salas expositivas podem ser feitas até 18 de fevereiro, de terça-feira a domingo, das 10h às 16h, sempre com entrada gratuita. O edital para as exposições temporárias de 2018 já está disponível no site da Prefeitura de Blumenau e as inscrições prosseguem até 26 de janeiro.

Serviço

5ª Temporada de Exposições no MAB
- Instalação Floema, de Simone Moraes
- “Do lado de cá, do lado de lá”, de Eugênica França
- Recortes, de 14 artistas da Federação das Associações de Artistas Plásticos (FAAPSC)
- Diagnósticos, de Nelson Júlio
- Desdobra, de João César de Melo
- Pequeno Formato, de Marco Magalhães
Onde: Museu de Arte de Blumenau (Rua 15 de Novembro, 161 – Centro)
Visitação: até 18 de fevereiro, de terça-feira a domingo, das 10h às 16h
Visitas mediadas: podem ser marcadas pelo telefone 3381-6176
Entrada franca

Assessor de Comunicação: Sérgio Antonello

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Fundação Cultural promove ação para pessoas de baixa visão e cegos


A Fundação Cultural de Blumenau (FCBlu), por meio do Museu de Arte de Blumenau (MAB) e do Centro Braille, realizará, nesta sexta-feira, dia 10, às 9h, uma atividade voltada para pessoas de baixa visão e cegos. A iniciativa ocorrerá na Sala Elke Hering do MAB e contará com a participação de Simone Moraes, que está entre os artistas selecionados para a 5ª Temporada de Exposições do museu.
Em seu trabalho, Simone utiliza lã de carneiro como matéria-prima e, com movimentos repetitivos dos braços, forma desenhos e composições, que constituem a exposição Floema. Na ocasião, além da experiência tátil e auditiva, os participantes poderão tocar e arriscar criações artísticas com o material que possui diversas espessuras.
Natural de Ribeirão Preto (SP), Simone é graduada em Educação Artística com habilitação em Artes Plásticas na Unaerp. Na sua rotina profissional, pesquisa vestígios de paisagens, estruturas orgânicas e resgates de uma memória pessoal por meio de registros, coletas e expedições. De sua prática resultam formas, repetições e sobreposições de distintos materiais, desdobrando-se em objetos, ações, intervenções, colagens, desenhos e fotografias. Seu portfólio está disponível no site www.simonemoraes.net.

Serviço

Ação mediadora com a artista Simone Moraes
Quando: sexta-feira, dia 10, às 9h
Onde: Sala Elke Hering - Museu de Arte de Blumenau (Rua 15 de Novembro, 161 – Centro)

Abertura da 5ª Temporada de Exposições no MAB

Data: quinta-feira, dia 9
19h: conversa com os artistas
20h: abertura da 5ª Temporada de Exposições do MAB, lançamento de livros, declamações de poesias e apresentações musicais
Visitação: até 18 de fevereiro de 2018, de terça-feira a domingo, das 10h às 16h
Visitas mediadas: podem ser marcadas pelo telefone 3381-6176
Entrada franca

Assessor de Comunicação: Sérgio Antonello

Artistas plásticos catarinenses apresentam a Exposição Recortes no MAB

A Federação das Associações de Artistas Plásticos de Santa Catarina (FAAPSC) apresentará a Exposição Recortes no Museu de Arte de Blumenau (MAB), durante a 5ª Temporada de Exposições, a última deste ano. O evento de abertura ocorrerá nesta quinta-feira, dia 9, às 19h, na Fundação Cultural de Blumenau (FCBlu). Até o dia 18 de fevereiro, o local reunirá obras de 19 artistas brasileiros, que poderão ser visitadas de terça-feira a domingo, das 10h às 16h, sempre com entrada gratuita.
Com o objetivo de aproximar a produção artística catarinense, a Exposição Recortes reúne obras de artistas das associações de Blumenau, Florianópolis, Jaraguá do Sul, Joinville e Rio Negrinho. A mostra, que já passou por três cidades e fecha esse ciclo no Vale do Itajaí, em Blumenau, faz desfilar cores e emoções de pessoas que aspiram o ar catarinense e espiram arte, por intermédio de linguagens visuais tradicionais ou contemporâneas, compreendendo escultura, fotografia, instalação, objeto e pintura.

Noite de abertura

A abertura da 5ª Temporada de Exposições do MAB contará com a tradicional conversa com os artistas e o lançamento dos livros “Olhares”, de autoria de Sérgio Canfield; “Superlativa Marina”, tributo à Marina Mosimann; “Antologia Poética”, desenvolvido pela Sociedade Escritores de Blumenau (SEB); e “A Corujinha Curiosa nas terras da Gralha Azul”, de autoria de Lara Ciotta da Silva e Eva de Lourdes C. da Silva. Na ocasião, haverá ainda declamações de poemas, a exibição “Os Gatos de Edith – protótipos” e uma apresentação da Banda Municipal de Blumenau.
Serviço
Abertura da 5ª Temporada de Exposições no MAB
Data: quinta-feira, 9 de novembro
Horários:
19h: conversa com os artistas
20h: abertura da 5ª Temporada de Exposições do MAB, lançamento de livros, declamações de poemas e apresentações musicais
Endereço: Rua 15 de Novembro, 161 – Centro
Entrada franca

Exposições da 5ª Temporada

Floema, de Simone Moraes (GO)
Do lado de cá, do lado de lá, de Eugênica França (MG)
Recortes, produção de 14 integrantes da Federação das Associações de Artistas Plásticos de Santa Catarina (FAAPSC)
Diagnósticos, de Nelson Júlio (SC)
Desdobra, de João César de Melo (SP)
Pequeno Formato, de Marco Magalhães (SP)
Visitação: até 18 de fevereiro de 2018, de terça-feira a domingo, das 10h às 16h
Visitas mediadas: podem ser marcadas pelo telefone 3381-6176
Entrada franca

Assessor de Comunicação: Sérgio Antonello


quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Prefeitura recebe obras que ilustram aspectos da história da cidade


Quem passar pelo hall da Prefeitura de Blumenau terá a oportunidade de apreciar a exposição organizada pela Associação Blumenauense de Artistas Plásticos (Bluap), em parceria com o Museu de Arte de Blumenau (MAB). A mostra apresenta obras de quatro artistas associados, que contam um pouco da história da cidade, dos habitantes e de sua força de trabalho. Essa é a primeira das três exposições que a Bluap apresentará nesse espaço.

Artistas expositores
Vidal Burger: "Barco a vapor Progresso"
Sobre: Construído em Dresden (Alemanha), chegou à Blumenau em 1879. Era um barco a vapor com 22,5 metros de comprimento e 3,34 metros de largura. Sua chegada foi muito esperada e contou com festa, música e foguetório. Naquela época, o transporte de mercadorias e viagens pelo Rio Itajaí-Açu era muito precário e lento, sendo feito por canoas, pequenas embarcações e por terra, efetuada por animais e carroças. Foi batizado de "Progresso", pela expectativa de melhoria do transporte fluvial entre Blumenau e o porto de Itajaí, facilitando o escoamento de produtos manufaturados da região. O barco a vapor Progresso foi um marco importante na história de Blumenau.
Dulce Paladini: "Começo de tudo"
Sobre: A vinda dos imigrantes alemães para Blumenau criou indústrias têxteis e de cristais as quais fizeram com que a cidade se tornasse um polo representativo nacional. As casas em técnica enxaimel, tradições, festas e culinária típica alemã fizeram com que a cidade de Blumenau ficasse conhecida tanto no Brasil como no exterior.
Lucienne Sprung: "Fabricando Cristais"
Sobre: A obra representa a força, determinação e arte a que se dedicam os “artistas do cristal”.
Nelson Julio: "Ipê-Roxo" (in memoriam)
Sobre: A chegada do inverno anuncia também a floração dos ipês na cidade de Blumenau. Os primeiros a desabrocharem são os ipês-roxos, árvore símbolo da cidade. No momento de maior frio do ano, as folhas caem e as flores de tons arroxeados explodem em uma beleza insuperável.

Assessor de Comunicação: Sérgio Antonello

Tributo a Marina Mosimann será lançado no Museu de Arte de Blumenau


“Superlativa Marina”, catálogo da Lápis Editora e Projetos Culturais que aposta na memória e trajetória da galerista e gestora pública Marina Heloísa Medeiros Mosimann, será lançado durante a noite de abertura da 5ª Temporada de Exposições do Museu de Arte de Blumenau (MAB). O evento ocorrerá nesta quinta-feira, dia 9, a partir das 19h, na Rua 15 de Novembro, 161, no Centro.
O projeto, idealizado pela filha Melina Mosimann, faz um tributo à história de Marina, que ajudou a criar nos anos de 1970 o circuito de arte de Santa Catarina. Nascida em Blumenau, ela comandou, entre 1976 e 2000, a Galeria de Arte Lascaux. A partir de 1989, começou a sua atuação na gestão pública, como diretora do Museu de Arte de Joinville.
A atuação de Marina desdobra-se em ações por diferentes cidades do Estado, num entrelaçamento de encontros e experiências que ajudam a conhecer melhor a constituição de um sistema ou circuito de arte, entendido como um conjunto de artistas, obras, diferentes processos e relações, exposições, mediações entre museus, galerias, fundações, entidades, gestores, colecionadores, pesquisadores e historiadores.
A pesquisa e o texto do catálogo são da jornalista Néri Pedroso e o design gráfico de George Varela. O material foi constituído a partir das memórias pessoais, com pesquisa no acervo particular e o depoimento de diversas pessoas.

Saiba mais
Lançamento do catálogo Superlativa Marina (Lápis Editora e Projetos Culturais)
Quando: quinta-feira, dia 9, às 19h
Onde: Museu de Arte de Blumenau (Rua 15 de Novembro, 161, no Centro)
Valor do catálogo: R$ 25
Entrada gratuita

Assessor de Comunicação: Sérgio Antonello

Artista traz ao MAB obras que aliam caixas de papelão e pintura


A exposição Desdobra, de João César de Melo, é uma das 19 atrações da 5ª Temporada de Exposições do Museu de Arte de Blumenau (MAB). A noite festiva de abertura está marcada para esta quinta-feira, dia 9, a partir das 19h, com uma conversa com os artistas, lançamento de livros e apresentação da Banda Municipal de Blumenau. As obras ficarão disponíveis para visitação até 18 de fevereiro, de terça-feira a domingo, das 10h às 16h, sempre com entrada gratuita.
Das obras expostas pelo artista, uma parte advém de embalagens de produtos consumidos por ele mesmo, como sabonetes, cremes dentais, aveia e gelatina. A outra parte é formada basicamente por peças maiores, achadas nas ruas ou retiradas em supermercados. Na ocasião, o público verá que João de Melo utiliza as dobras das caixas como referência na estrutura de seus desenhos e pinturas, como esquinas que conectam caminhos e organizam espaços numa cidade. "As obras que compõem esta exposição registram meus ‘erros e acertos estruturais’, as diversas tentativas que faço para chegar a um resultado final, tanto no conceito quanto na estética", diz o artista, formado em arquitetura e urbanismo.

Serviço
Abertura da 5ª Temporada de Exposições do MAB
Data: quinta-feira, dia 9 de novembro
Horários:
19h: conversa com os artistas
20h: abertura da 5ª Temporada de Exposições do MAB, lançamento de livros, declamações de poesias e apresentações musicais
Visitação: até 18 de fevereiro de 2018, de terça-feira a domingo, das 10h às 16h
Visitas mediadas: podem ser marcadas pelo telefone 3381-6176
Endereço: Rua 15 de Novembro, 161 - Centro
Entrada franca

Assessor de Comunicação: Sérgio Antonello